Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Contagem e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Contagem
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Flickr
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
18
18 NOV 2022
SAÚDE
Novembro Azul: Mês tem como principal foco a saúde do homem
enviar para um amigo
receba notícias

O Novembro Azul é inteiramente dedicado para reforçar o alerta e a importância da conscientização a respeito de doenças mais prevalentes na população masculina, com foco na prevenção do câncer de próstata, tipo mais frequente entre os homens brasileiros, depois do câncer de pele. 

Para isso, Contagem tem colocado em prática alguns planos de atenção voltada para a saúde do homem, visando a melhoria e promoção da qualidade de vida. Essa ação conta com o apoio e mobilização das Unidades Básicas de Saúde – UBS, especialistas urologistas e laboratórios. 

O médico urologista do Centro de Atenção Especializada – CAE Iria Diniz, Arley Valle Soares, ressalta que é importante trazer o debate da saúde do homem para a população, devido à necessidade de promover informação e conscientização da sociedade quanto à prevenção de doenças e dos processos de adoecimento. “Quanto à importância das pautas do Novembro Azul, trata–se particularmente de reforçar o cuidado do homem quanto às doenças mais comuns e preveníveis, com foco no câncer de próstata que, infelizmente, mata mais de 15 mil homens por ano no nosso país, especialmente os homens com mais de 50 anos e os de 45 anos com histórico familiar de câncer de próstata, mama ou pâncreas”. 

De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer – Inca, o câncer de próstata é a segunda maior causa de morte entre os homens, no entanto, se diagnosticado precocemente, tem um alto índice de cura. 

A gestora clínica e médica da Saúde da Família dos distritos Riacho e Industrial, Cristiane Magalhães Pires, destaca que o debate desse assunto é de extrema importância, visto que a grande dificuldade é a sensibilização dos homens para irem aos postos de saúde realizar os devidos exames. “Eles não acreditam que vão adoecer, por vezes possuem medo de descobrir alguma doença e por isso não se cuidam corretamente, e só procuram ajuda quando já estão doentes. Logo, uma das estratégias fica na abordagem da família, mãe ou esposa que procuram mais as UBS e essas são as propagadoras de informações e quem levam estes homens para consultas e realização de exames.” 

Fato é que, muitos homens não possuem o costume de se consultar com um médico regularmente, além de serem desatentos quanto a possíveis sintomas que possam sentir no seu dia a dia. Portanto, só costumam procurar ajuda médica quando percebem sintomas graves em seu organismo, o que é extremamente perigoso, já que, caso a pessoa tenha desenvolvido uma doença, esse problema pode se intensificar e chegar a seu estágio já avançado. 

Saúde do homem e fatores de risco 

Cristiane Magalhães ressalta que a necessidade de abordar sobre a saúde do homem em geral é um assunto de grande seriedade, pois os homens adoecem e morrem mais do que as mulheres. "Entre os fatores de risco, em relação à saúde do homem, primeiramente podemos apontar causas externas como acidentes de trânsito, acidentes no trabalho, violência e, logo em seguida, estão as doenças que são possíveis de se prevenir. Das doenças, as cinco maiores causas são cardiovasculares, cânceres de pulmão e próstata (que é o mais comum, mas menos letal), doenças do aparelho digestivo (uma das preocupações está no alcoolismo), doença respiratória e doenças infecciosas. Por isso existe essa importância de debatermos sobre o assunto, para que a população masculina esteja atenta sobre esses fatores e bem como as maneiras de prevenção.” 

Ao consultar um médico e fazer exames de rotina regularmente, pode–se evitar o aparecimento de doenças a partir da recomendação da adoção de hábitos mais saudáveis de acordo com as necessidades específicas de cada homem. Além disso, permite a identificação de doenças em seu estágio inicial, logo um tratamento mais rápido e eficiente. 

Cristiane Magalhães ainda completa dizendo que as maneiras de prevenção contra os diversos fatores de risco em relação à saúde do homem são necessárias para continuar fornecendo uma vida mais saudável, ainda que, essas maneiras de prevenção carreguem consigo estigmas e tabus, que dificultam os homens a se cuidar de maneira correta e eficaz. "Fala-se muito do exame de próstata, mas não devemos esquecer a saúde do homem como um todo. Devemos abordar sempre sobre os hábitos saudáveis de vida, sendo eles a adoção de consultas regulares, evitar o consumo de bebidas alcoólicas, tabagismo e outras drogas, possuir uma alimentação adequada, praticar exercícios físicos regularmente, manter a vacinação em dia, fazer o uso de preservativos, realizar os exames de rotina e ter hábitos de higiene pessoal. Todas essas medidas podem fazer uma grande diferença na saúde do homem, promovendo então uma qualidade de vida melhor,” destaca a gestora clínica. 

Vale ressaltar que o SUS Contagem disponibiliza gratuitamente a realização de exames, diagnóstico, tratamento e acompanhamento médico não somente para o câncer de próstata, mas também para os diversos fatores de risco que colocam a saúde do homem em alerta, como doenças cardiovasculares, doenças relacionadas ao tabagismo e alcoolismo, doenças infecciosas, dentre outros. Basta comparecer a uma Unidade Básica de Saúde – UBS de referência. 

Câncer de próstata: prevenção e tratamento 

O câncer de próstata é o tumor que afeta a próstata, glândula que faz parte da genitália masculina interna. Apesar de ser uma doença comum, por medo ou desconhecimento e até mesmo por preconceito com o exame urológico, alguns homens preferem não conversar sobre o assunto. Por isso, existe a necessidade do município e gestão da saúde manter as ações e continuar a desenvolvê-las, a fim de estimular a realização do diagnóstico precoce da doença. 

O urologista Arley Valle destaca que por meio da realização dos exames é possível identificar a doença, e o quanto antes eles forem realizados, sempre que corretamente indicados, permite o tratamento precoce, aumentando então a chance de cura do câncer de próstata. “Do ponto de vista urológico, a consulta e o exame físico são os mais importantes, pois se estratificam os riscos de cada paciente de acordo com sua história de vida e familiar, faixa etária e hábitos, possibilitando assim indicar os exames complementares necessários para uma avaliação completa. Quanto à avaliação da próstata especificamente, o toque da próstata para identificar nódulos ou áreas suspeitas, e o exame de sangue para dosagem do Antígeno Prostático Específico – PSA são fundamentais.” 

Portanto, uma vez diagnosticado o câncer de próstata, a indicação da melhor forma de tratamento vai depender de vários aspectos, como o estado de saúde atual, estratificação da doença e expectativa de vida. 

Arley Valle ainda completa dizendo que no município de Contagem, é disponibilizado o diagnóstico, tratamento e acompanhamento médico para homens que forem identificados com o câncer de próstata. “O SUS Contagem oferece acesso às consultas urológicas e os exames complementares para o diagnóstico dos problemas da próstata. Já o tratamento é realizado por meio de convênio com a Secretaria Estadual de Saúde, nas clínicas e hospitais de referência em câncer de próstata. A porta de acesso é a UBS mais próxima da sua casa para identificar quais homens estão nesta faixa de risco, referenciando-os à atenção especializada com o urologista”, destaca o médico especialista. 

Além disso, é disponibilizado por meio do Centro de Autorização de Procedimentos em Saúde – Ceaps consultas especializadas, exames e acesso à oncologia, dando espaço para a solicitação de prioridade urgente para casos mais graves, atendendo às demandas das Unidades Básicas de Saúde e especializadas. 

Autor: Estagiário André Fernandes sob supervisão da jornalista Vanessa Trotta
Seta
Versão do Sistema: 3.2.10 - 11/01/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia