Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Contagem e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Contagem
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Flickr
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
24
24 NOV 2022
DESENVOLVIMENTO SOCIAL
Mais alimentação: Prefeitura inaugura terceiro ponto de distribuição da Cozinha Comunitária na região Ressaca
enviar para um amigo
receba notícias
Nova unidade vai oferecer 150 refeições por dia para 90 famílias em vulnerabilidade social

Para garantir alimentação de qualidade todos os dias a famílias em situação de vulnerabilidade social, a Prefeitura de Contagem inaugurou, nesta quinta-feira (24/11), o terceiro ponto de distribuição da Cozinha Comunitária, na região da Ressaca. O ponto fica na  na quadra da  Escola Municipal Maria de Matos, no  bairro Jardim Pérola.

Na solenidade, a prefeita Marília Campos fez a entrega da primeira marmita.  “Este programa é muito importante para a população mais vulnerável da cidade. De acordo com os critérios de carência, as famílias são cadastradas e, tendo as vagas disponíveis, elas passam a receber a refeição nos pontos de distribuição. É um programa que ajuda estas famílias a terem o alimento em casa, gratuitamente, contribuindo para a segurança alimentar”.  

As refeições das cozinhas comunitárias são custeadas pela Prefeitura e retiradas nos pontos de distribuição, de segunda-feira a sexta-feira, pelas famílias que são cadastradas nos Centros de Referência e Assistência Social - Cras.

Os alimentos são servidos em embalagens descartáveis para que as famílias possam almoçar  em casa. Atualmente, as Cozinhas Comunitárias de Nova Contagem e do bairro Tijuca, no Nacional, atendem mais de 800 pessoas por dia, sendo 247 famílias. 

A previsão é que o novo ponto de distribuição atenda, diariamente, mais de 90 famílias, o que garantirá mais de 750 pessoas beneficiadas. Até março do ano que vem, a Prefeitura vai inaugurar mais cinco pontos nas regiões Ressaca, Industrial, Ipê Amarelo e Darcy Ribeiro.

As Cozinhas Comunitárias compõem a Política Municipal de Segurança Alimentar Nutricional e Agroecologia de Contagem e tem como objetivo fornecer uma alimentação balanceada e gratuita para famílias em situação de insegurança alimentar, contribuindo para a formação de hábitos alimentares saudáveis e com a saúde da população.

A secretária de Desenvolvimento Social, Trabalho e Segurança Alimentar, Daniella Tiffany, destaca a importância da política da cozinha comunitária para quem mais precisa.  “Com os novos pontos que serão implantados até março do ano que vem, são 198 mil refeições por ano, com aporte financeiro da Prefeitura no valor de R$ 2, 8 milhões”, destacou.

A moradora da Vila Pérola e funcionária do Restaurante Popular Ressaca, Vânia Ramos, falou sobre a oportunidade que as famílias estão recebendo.  “Fui ao Cras Ressaca realizar meu cadastro e da minha família e fui encaminhada para ser beneficiada pela Cozinha Comunitária. Acabei conseguindo um emprego e estou muito feliz. Gostaria que as mães que moram aqui na vila tenham essa oportunidade. Além do alimento dentro desta marmita, tem muito carinho,  amor, respeito e uma equipe maravilhosa”, ressaltou.

Segundo a líder comunitária e criadora do Projeto Geração GK,  Naiara Rocha, a ação da Prefeitura  é um direito de igualdade e também contribui com a alimentação da comunidade da Ocupação Guarani Kaiowá. “Temos muitas crianças que estão passando dificuldade na alimentação dentro de casa. A iniciativa garantirá alegria e barriga cheia para as crianças e os adultos”, pontuou.

Estiveram presente na inauguração o vice-prefeito Ricardo Faria; a  secretaria de Educação, Telma Fernanda Ribeiro; a diretora da Escola Municipal Maria De Matos, Luciana Miranda; a superintendente da Assistência Social, Michele Caldeira; a superintendente de Segurança Alimentar Nutricional e Agroecologia, Cida Miranda; o administrador Regional Ressaca, José Geraldo; a presidenta da Associação Renascer,  Imaculada Gomes, e o presidente do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, Sávio Moraes.

Para ter acesso ao programa é necessário procurar o Centro de Referência e Assistência Social - Cras e realizar o pré-cadastro.

O cadastro só é efetivado se houver vagas disponíveis e atender aos seguintes critérios:

*Estar em situação de desnutrição e/ou desemprego;

*possuir doença crônica ou deficiência;

*ser gestante ou nutriz, dentre outros;

*situação de desemprego;

*idosos dependentes;

*Renda Familiar – Auxilio Brasil (igual ou inferior a R$ 105,00/a R$ 210,00);

*Residir no entorno da cozinha.

CLIQUE AQUI E ACESSE A GALERIA

 

Seta
Versão do Sistema: 3.2.10 - 11/01/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia