Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Contagem e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Contagem
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Flickr
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
DEZ
15
15 DEZ 2022
DEFESA CIVIL
Defesa Civil segue de sobreaviso nos próximos dias
enviar para um amigo
receba notícias
Atenção para as áreas de risco de inundação, no grau de saturação do solo e nos sinais constitutivos. Em caso de urgência, ligue 199

Conforme informações do Instituto Nacional de Meteorologia - Inmet, a partir desta quinta-feira (15/12), na região Sudeste, estão previstas chuvas significativas que tendem a se intensificar no final de semana, devido a formação de um canal de umidade sobre Minas Gerais, centro norte de Goiás, Distrito Federal e Espírito Santo.

Em Contagem, as equipes da Defesa Civil estão de sobreaviso e preparadas para serem acionadas a qualquer tempo, inclusive nos plantões noturnos e finais de semana para dar pronta resposta e atender casos de urgência e emergência. Os serviços relacionados ao atendimento do cidadão estão em pleno funcionamento, como o setor de Escuta Ativa (199) e o setor de Vistorias.  

De acordo com a subsecretária de Defesa Civil de Contagem, Ângela Gomes, atualmente Contagem não tem desabrigados ou desalojados. “Em relação às últimas chuvas, quando tivemos precipitações intensas, mais especificamente no sábado (10/12), o sistema de resposta do município conseguiu atender e sanar as dificuldades. No momento, a Defesa Civil segue monitorando e fazendo vistorias nas casas”, explicou. 

Ainda em relação às últimas chuvas, a subsecretária informou que foram distribuídos cerca de 60 colchões, 88 galões de Hipoclorito de Sódio e 27 cestas básicas para atender a população atingida. “Cerca de 200 pessoas ficaram desalojadas temporariamente, mas felizmente já puderam retornar para suas residências. As áreas mais afetadas foram as vilas Samag, Marimbondo, João Gomes Barbosa e a avenida Integração, todas seguem sob monitoramento”, esclareceu. 

Ela também informou que entre sábado (10/12) e hoje (15/12), a Defesa Civil registrou 43 ocorrências. “ Continuaremos em alerta dada a instabilidade das condições meteorológicas. Diariamente emitimos alertas de risco e orientações à população, especialmente, a quem mora em área de risco geológico e hidrológico. Também nos reunimos periodicamente, por meio do Comitê Gestor de Risco, para estabelecer formas de atuação mais dinâmicas e eficientes”, salientou.

A recomendação neste época do ano segue sendo a mesma, de acordo com a subsecretária. “Atenção para as áreas de risco de inundação, no grau de saturação do solo e nos sinais constitutivos. Em caso de urgência, ligue 199”. 

Acolhimento

Às famílias que sofrem com as chuvas, a Prefeitura garante atendimento. Após receberem laudo da Defesa Civil sobre o imóvel em área de risco, que tenha sido atingido por enchente, desabamento ou deslizamento, as famílias são direcionadas a abrigos e recebem o apoio necessário.  Dentre eles, a principal unidade de acolhimento do município é o Abrigo Bela Vista. Os atingidos têm acesso às cestas básicas, materiais de higiene e limpeza, alimentação e orientação. 



 
Autor: Carol Cunha
Seta
Versão do Sistema: 3.3.4 - 05/06/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia